Provérbios sobre os números

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Provérbios sobre os números

Mensagem por Lusitana Cultura em Sex Fev 06, 2015 11:17 am



» Quem não se escarmenta de uma vez não se emenda de três.

» Vale mais um é que duas muletas.

» Vale mais um farto do que dois famintos.

» Vale mais um pássaro na mão do que dois a voar.

» Vale mais um toma do que dois te darei.

» A dois ruins e dois tições nunca bem os campeões.

» Vale mais ter duas pernas do que três andas.

» A duas palavras, três pancadas.

» Não duas sem três.

» Três é a conta que Deus fez.

» Às três, é de vez.

» Às três, faz mezinha.

» A sebe dura três anos; o cão, três sebes; o cavalo, três cães; o homem, três cavalos; o corvo, três homens; e o elefante, três corvos.

» Três irmãos: três fortalezas.

» Quem ganha três e gasta quatro não precisa de bolsa ou saco.

» Quem nasce para quatro não chega a cinco.

» Quem tem cinco trunfos e não trunfa não será bom jogador nunca.

» É todo cheio de nove horas.

» Está entre as dez e as onze.

» Perdido por dez, perdido por cem.

» Está metido numa camisa de onze varas.

» Tanto faz dezoito como dúzia e meia.

» Deu no vinte.

» Aos vinte, cabeça oca: aos trinta, riqueza pouca.

» Quem aos vinte não quiser e aos vinte e cinco não tiver, aos trinta, venha quem vier.

» Quem aos vinte não barba, aos trinta não casa.




Lusitana Cultura

Mensagens : 84
Data de inscrição : 05/02/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum